Dissertação de Mestrado | O DUPLO VÍNCULO (MIDIÁTICO E RELIGIOSO) NOS CIRCUITOS-AMBIENTES DO PASTOREIO MIDIATIZADO

A pesquisa apresentada no presente texto projeta-se dentro do campo de estudos sobre a midiatização da religião. Os objetivos desta investigação são: a) mapear os meios, circuitos, ambientes e dispositivos configurados pela instituição religiosa no processo de construção de seus públicos em processos midiáticos; b) identificar os processos sócio-antropológicos acionados nas interações entre instituição religiosa, lógicas midiáticas, atores e devotos; c) inferir sobre a semiose constituída nas interações entre instituições midiáticas, midiatizadas e atores. Como delimitação do material a ser investigado na pesquisa utilizaremos o ambiente midiático construído pela Associação Filhos do Pai Eterno (AFIPE) e do seu mentor Padre Robson de Oliveira. Este ambiente compreende: os programa Pai Eterno e programa Novena dos Filhos do Pai Eterno transmitidos pela Rede Vida de Televisão; as redes sociais Facebook e Instagram; o site de streaming Youtube; o site oficial da AFIPE; cartas enviadas aos associados; e aplicativos mobile. O método de investigação se apresenta em três argumentos: primeiro, a construção do caso de pesquisa, inferido em processos abdutivos; segundo, a dedução, compreendida como imersão nos empíricos a partir de proposições apresentadas; terceiro, a indução, consolidando inferências epistemológicas a partir das análises empíricas. As inferências epistemológicas são apresentadas em três dimensões: as bases antropológicas identificadas nas interações; a semiose acionada no circuito ambiente analisado; e a midiatização e circulação como perspectiva conclusiva para a compreensão do objeto construído. Destacamos, dos resultados, que os processos midiático-interacionais estabelecem uma relação entre os devotos e a Igreja que sugerem um mutualismo, onde dádivas descendentes de promessa de cura através da instituição (Igreja), funcionam articuladas com o reconhecimento midiático proveniente da participação ascendente dos devotos, no ambiente constituído pela AFIPE. Através de processos de usos e apropriações de discursos dos devotos em redes digitais, e-mails, cartas e entrevistas são observadas compreensões inferenciais da presente ordem: narratividades e semióticas discursivas; o meio midiático como configuração de narrativas induzidas; a midiatização como dispositivo de poder; e o processo de trânsito interacional fundamentado na seleção
e no controle regulatório tentativo.

Palavras-chave: circulação midiática; mutualismo; narratividades induzidas; regulação tentativa; midiatização.

Link para a dissertação: Clique Aqui!